Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

quinta-feira, 20 de março de 2008

Aprender com as parábolas - Inclui jogos, atividades e reflexões

Aprender com as parábolas - Inclui jogos, atividades e reflexões

Autores:
Berta Garcia
Francesca Pratillo
Jesús Ballaz
Mercè Segarra

Editora Paulinas – ano 2008

Sinopse: Com o objetivo de propor um roteiro de iniciação no conhecimento das parábolas evangélicas, os autores reuniram, num volume, o enunciado resumido de cada uma delas, acrescentando um comentário que as aproxima da vida das crianças e alguns jogos ou brincadeiras geralmente conhecidas, aplicadas à descoberta da relação entre a narrativa evangélica e as situações vividas na infância.

Não se deve esperar da obra uma análise propriamente dita das 27 parábolas, senão uma simples indicação de seu conteúdo, sublinhando a mensagem central, de modo a ser captada pela criança. Algumas delas vêm com indicação da idade mínima a partir da qual o comentário e o jogo proposto podem ser entendidos.

Essa abordagem de iniciação tem a sua importância, pois ajuda a criança a integrar os referenciais evangélicos em sua vida, num mundo que deles se afasta cada vez mais pelo tipo de históricas que se contam à criança, inclusive com objetivos publicitários. Daí a importância de obras como esta, que ajudam pais e mestres a criar a ambiência para uma autêntica transmissão da fé.

Falando do semeador, da ovelha perdida, do bom samaritano, do filho pródigo, do joio e do trigo, da semente que cresce, do amigo importuno e do grão de mostarda despertamos na criança a sabedoria cristã. Somente ela lhe assegurará mais tarde o caminho de como se comportar na vida para ser feliz e merecer a eternidade.

Nenhum comentário: