Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado II - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A concepção de história em Flávio Josefo: “O judeu de Roma”

A concepção de história em Flávio Josefo: “O judeu de Roma”

Samuel Martins Nascimento

Dissertação de História (UEM)

Data da defesa: 2008.

Resumo: Na segunda metade do século I a .C.; a dominação romana havia se consolidado no Mediterrâneo; tanto territorial como politicamente. O Império; já na época de Augusto (27 a.C. a 14 d.C.); abrangia quase todo o mundo mediterrâneo e oriental e Roma tinha se transformado em seu centro comercial e financeiro. As dificuldades na administração das terras conquistadas eram freqüentes. Em particular; a província da Judéia; também assolada por conflitos internos; sofreu diretamente a intervenção; da qual resultou a guerra entre romanos e judeus. Flávio Josefo; o “judeu de Roma”; viveu esse momento único na história dos judeus. O resultado de sua participação ativa nos conflitos encontra-se relatado na obra A Guerra dos Judeus. Nossos objetivos; nesta dissertação; são analisar a narrativa da guerra judaico-romana apresentada por Josefo e refletir sobre sua concepção de história; abrangendo algumas influências que recebeu da historiografia antiga.

Arquivo em PDF – Texto completo.

Nenhum comentário: