Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

domingo, 13 de janeiro de 2008

A Bíblia (Karen Armstrong)

A Bíblia

Autora: Karen Armstrong
Editora: Zahar






Sumário
Introdução
1. Torá
2. Escritura
3. Evangelho
4.
Midrash
5. Caridade
6. Lectio Divina
7. Sola Scriptura
8.
Modernidade
9. Epílogo
Notas
Glossário
Índice Remissivo


Sinopse: Traduzido em mais de dois mil idiomas, a Bíblia é o livro mais conhecido do mundo. Calcula-se que já tenham sido vendidos mais de seis bilhões de exemplares e ninguém duvida que o conteúdo de suas páginas mudou e continua influenciando nossa história. A brilhante estudiosa do pensamento religioso Karen Armstrong mostra que a principal função da Bíblia não foi apoiar doutrinas e crenças particulares e, embora os autores bíblicos se contradigam, suas visões múltiplas convivem num mesmo livro. Para ela, este é um indício claro de que toda interpretação da Bíblia significa necessariamente abertura de espírito.

A Bíblia faz parte da coleção Livros que Mudaram o Mundo, reunindo biografias de títulos que modificaram sua época e, até hoje, marcam nossa forma de pensar. Desta coleção, a Zahar já publicou “A Origem das Espécies” de Darwin, “Os Direitos do Homem” de Thomas Paine e “O Capital” de Marx.

“Estava faltando um livro como este, que fornece ao leitor uma luz sobre as lutas históricas em torno da formação e interpretação da Bíblia. Os leitores irão aprender muito com a exposição clara e despretensiosa de Karen Armstrong.” New Humanist

"De todos os Livros que Mudaram o Mundo, a Bíblia sem dúvida é dos mais importantes. De todos os popularizadores contemporâneos da religião, Karen Armstrong é a mais indicada para contar, em oito capítulos curtos, como, quando e por quem a Bíblia foi escrita." Publisher's Weekly

Links:
Usos e abusos dos textos bíblicos
Elias Thomé Saliba (O Estado de S.Paulo, 30/12/2007)
O evangelho segundo os eruditos
Antonio Gonçalves Filhos (O Estado de S. Paulo, 24/12/2007)
Veja Recomenda
(Veja, 21/11/2007)





Nenhum comentário: