Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

domingo, 5 de julho de 2009

As faces de Deus, segundo Saramago. Entrevista especial com Salma Ferraz

IHU (05/07/2009): As faces de Deus, segundo Saramago. Entrevista especial com Salma Ferraz: “Sua obra é uma catedral, ao longo da qual ele vai metodicamente desconstruindo a concepção judaico-cristã de um Deus justo e bondoso”, avalia a crítica literária e ensaísta Salma Ferraz, referindo-se à obra de José Saramago. Conhecido por questionar a existência de Deus, o escritor brasileiro é fascinado pelo tema e, segundo a autora, “apaixonado pela Teologia e pelos personagens bíblicos em geral”. Em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line, Salma explica que tal admiração se justifica pelo fato do autor estar “imerso numa cultura que foi moldada pela ideia de Deus que está impregnada no DNA da civilização Ocidental”. E enfatiza: “Isto seduz Saramago e faz com que ele produza, a partir desta ideia, as melhores páginas da literatura universal contemporânea”. Salma Ferraz graduou-se em Letras, pela Faculdade Hebraico Brasileira Renascença de Letras, de São Paulo, e especializou-se em Literatura Brasileira e Literatura Infantil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É mestre e doutora em Literatura Portuguesa, pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Atualmente, é professora de Literatura Portuguesa da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atua no Programa de Pós-Graduação de Literatura com a linha de Pesquisa Teopoética - Os Estudos Comparados entre Teologia e Literatura. Entre seus livros, citamos O Quinto Evangelista (Brasília: UNB, 1998), As Faces de Deus na Obra de um Ateu (Juiz de Fora: UFJF, 2004) e No princípio era Deus e ele se fez Poesia (Acre: UFAC, 2008).

2 comentários:

MDC disse...

Olá...
Só para dizer que José Saramago é de nacionalidade portuguesa!
Claro que, tendo nós também como pátria a nossa língua, que nos une no mundo e sendo José Saramago um embaixador da língua portuguesa no mundo... Poderemos dizer, no sentido mais vasto que sim, que será um escritor lusófono, português e brasileiro!
Aproveito para dizer que li a obra "O Evangelho segundo Jesus Cristo" e gostei muito...
Cumprimentos

Cláudia Andréa Prata Ferreira disse...

Oi MDC,

obrigada pela observação. Mas o comentário sobre a nacionalidade do Saramago (portuguesa e não brasileira) não foi feito por mim e sim pelo veículo IHU que publicou a entrevista. Eu apenas reproduzi sem alterar a informação, por sinal incorreta. Mas fica seu registro preciso e comentado!

Abraços,
Cláudia