Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Hermenêutica bíblica e exemplaridade no Orto do Esposo

Hermenêutica bíblica e exemplaridade no Orto do Esposo
Autor:
Antônio Marcos Gonçalves Pimentel
Dissertação de mestrado em Letras (UFF)
Data da defesa:
06/02/2007.
Resumo: Por volta de 1385, no mosteiro português de Alcobaça, produziu-se o manuscrito de autoria anônima intitulado Orto do Esposo. Construída nos moldes literários da exemplaridade legitimada pela figura medieval da auctoritas, a obra tem como fulcro a hermenêutica bíblica dos quatro sentidos – o sentido histórico-literal; o sentido alegórico; o sentido tropológico; e o sentido escatológico –, sua operacionalização e demonstração, dividindo-se em quatro partes ou livros, cada qual contendo uma temática própria através da qual é trabalhada a hermenêutica: do nome de Jesus; da comparação das Escrituras com o Paraíso Terreal; da maneira correta de se ler a Bíblia; e da ascese mística em que deve se pautar a vida do cristão à época. Esta dissertação pretende investigar as condições de produção sob as quais foi composto o manuscrito alcobacense, considerando seus aspectos internos e externos, construindo assim um grande quadro sócio-político-cultural-religioso que emoldura o texto e o escopo do Orto do Esposo. Também serão investigadas as principais características da hermenêutica bíblica, da exemplaridade, suas origens e funções, e conceitos afins como alegoria, exegese, prefiguração testamentária, aspectos da mentalidade medieval portuguesa trecentista entre outros. Além disso, serão consideradas também a questão de uma marca de autoria frente à sua dissolução enquanto obra subjetiva, influências externas, fontes bibliográficas e a motivação pela qual se escreveu o Orto do Esposo.

Nenhum comentário: