Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

quinta-feira, 27 de março de 2008

Uma introdução à Bíblia - Volume VI (Período grego e vida de Jesus)

Uma introdução à Bíblia - Volume VI (Período grego e vida de Jesus)

Catálogo: Bíblico
Ano:
2005
Autor(a):
Ildo Bohn Gass
Editora:
PAULUS
Edição:
2

Sinopse: Na primeira parte deste volume, estudaremos a época de dominação dos gregos (332-142 a.C.) e o período de independência desde 142 até 63 a.C., ano em que os romanos passaram a dominar sobre a Palestina. Num primeiro momento, depois de algumas informações sobre a conquista do Império Persa pelo macedônio Alexandre Magno, veremos o domínio dos gregos sobre a Palestina a partir do Egito (301-198 a.C.). Eles são conhecidos por Ptolomeus. É a ocasião para olharmos mais de perto os livros bíblicos dessa época, isto é, Ester, Eclesiastes, Zacarias 9-14 e Tobias. Em seguida, abordaremos o domínio dos gregos sobre a Palestina a partir da Síria, conhecidos por Selêucidas (198-142 a.C.). Veremos a imposição à força da cultura grega sobre os judeus, bem como a resistência dos macabeus contra essa imposição. Analisaremos ainda as divisões dos judeus em diferentes grupos no processo revolucionário, como os fariseus e os essênios. Desse período, são os seguintes livros: Eclesiástico, Daniel, Judite e 2 Macabeus. Por fim, estudaremos a época de independência dos judeus desde 142 a 63 a.C., período conhecido como dinastia dos hasmoneus. Surgem os últimos livros do Primeiro Testamento: Livro de Ester - o texto grego, 1 Macabeus, Baruc e Sabedoria. De saída, lembramos que sete dos onze livros que estudaremos nesta parte não se encontram nas traduções usadas pelas igrejas evangélicas. São eles: Tobias, Eclesiástico, Judite, 1-2 Macabeus, Baruc e Sabedoria. São livros deuterocanônicos para os católicos romanos e apócrifos para os prostestantes. Além disso, os livros de Ester e Daniel têm partes que só constam nas traduções católicas, como ainda veremos.

Nenhum comentário: