Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado II - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Em busca da vida, o povo muda a história: Reino de Israel (aprox. 931-722 a.E.C.)

Cf. SOARES, Paulo Sérgio. Em busca da vida, o povo muda a história: Reino de Israel (aprox. 931-722 a.E.C.). São Paulo: Paulinas, 2002. p.63. (Visão global, 6).


Conclusão: Assim termina a história do reino do Norte, na visão do autor deuteronomista. Sua consideração final sobre a derrocada de Israel encontra-se em 2 Rs 17,7-41. Nos versículos 22-23 ele é taxativo: “Os filhos de Israel imitaram o pecado que Jeroboão cometera e dele não se afastaram, até que finalmente o Senhor baniu Israel de sua presença, como o havia anunciado por intermédio de seus servos, os profetas; deportou Israel para longe de sua terra, para a Assíria, onde está até hoje”. E, em 18,12, arremata: “Isso aconteceu porque eles não escutaram a palavra do Senhor, seu Deus, e violaram sua aliança, não obedecendo a tudo que prescrevera Moisés, servo do Senhor. Não o ouviram nem puseram em prática”.

Contudo, a prática religiosa no reino do Norte, Israel, descentralizada, era mais popular e trazia traços mais autênticos do mosaísmo e do javismo do que a religião do reino do Sul, Judá, centralizada e manipulada teologicamente pela ideologia davídica da corte.

Nenhum comentário: